Pesquise Preços de Medicamentos e Compre Online Pagina Principal Notícias e novidades ABC da Saúde Contato Adicione este site aos seus favoritos
Pesquisar

Obesidade x Saúde sexual
 
Publicada em 05/10/2010 21h37

Obesidade influencia negativamente a saúde sexual, indica estudo

A obesidade impacta a saúde sexual de forma intensa, especialmente entre as mulheres, sugere estudo publicado no British Medical Journal. O estudo indica que o índice de mulheres obesas grávidas é maior que o de mulheres com o peso normal, por exemplo. Mas ao contrário do que se pode imaginar, isso não tem a ver com o aumento dos atos sexuais – pois boa parte dessas mulheres indicou uma vida sexual pouco ativa – mas com a falta de cuidado em usar anticoncepcionais ou preservativos. Além da gravidez indesejada, isso leva ao aumento da incidência de doenças sexualmente transmissíveis.
Apesar da chamada “pandemia” de obesidade ser um problema ainda crescente, os efeitos dessa condição na saúde sexual ainda são pouco conhecidos, pois há raras pesquisas nesse campo. Nathalie Bajos, do Instituto Francês de Saúde e Pesquisas Médicas, é uma das primeiras pesquisadoras a apontar essa deficiência e fazer estudos sobre o tema.

Além da saúde sexual, Bajos também analisou o nível de satisfação sexual, números de gravidez indesejada e de abortos em indivíduos desenvolvendo ou com obesidade. Os dados vieram de uma pesquisa feita com mais de 12 mil homens e mulheres com idades entre 18 e 69 anos, feita em 2006 e que envolveu indivíduos com o peso normal (o grupo controle).

Os resultados mostraram que mulheres obesas eram 30% menos propensas a indicarem que haviam tido um parceiro sexual no ano anterior à pesquisa. Aproximadamente 70% dos homens obesos indicaram terem tido 1 ou menos parceiras no mesmo período. Aproximadamente 25% desses homens também afirmaram ter problemas com disfunção erétil.

Entre as mulheres, os transtornos sexuais não estavam associados ao peso muito acima da média saudável. Entretanto, essas mulheres obesas não se preocupavam com tomar nenhum tipo de cuidado relacionado com anticoncepcionais – ou mesmo procurar conselhos sobre sua saúde sexual. Isso, de certa forma, também se relacionava com o maior número de gravidez indesejada e condições sexualmente transmissíveis.

A pesquisa também mostrou que essas mulheres, na maioria das vezes, encontravam parceiros a partir da internet (isso era cinco vezes mais comum do que o observado no grupo controle). Os parceiros, na maioria das vezes, também eram obesos. O sexo, entretanto, era apontado por essas mulheres como não sendo o principal fator de bem-estar em suas vidas. Os autores sugerem que a baixa autoestima e preocupações sobre a própria imagem poderiam explicar esses dados.

“A magnitude do problema ainda precisa de mais atenção. Se a população obesa tende a crescer, é importante termos em mente os riscos para a saúde sexual desses indivíduos”, dizem os pesquisadores. Sandy Goldbeck-Wood, pesquisadora da área de sexualidade e responsável pela revisão da pesquisa, aponta também que há evidências de que os médicos também têm grande dificuldade de abordar esses temas com pessoas obesas, o que dificulta um melhor controle da situação. “Precisamos entender melhor esse fenômenos, pois é importante saber os efeitos na saúde e qualidade de vida dessa população. Em termos de saúde pública também é preciso enfatizar que a obesidade não é somente ruim para a saúde imediata e para a diminuição da expectativa de vida, mas para a saúde sexual também. E nesse ponto os médicos precisam estar preparados para lidar com a reversão desse quadro e colher dados que possam balizar novas pesquisas”, finaliza.


FONTE: BMJ-British Medical Journal



Estudo mostra aumento de problemas cardíacos por causa de analgésicos    
Dor de cabeça não é mera desculpa    
Distúrbio e Hormônio do Crescimento GH    
Ginastica para gestantes    
Garrafada de Plantas Medicinais    
Saude e Sexualidade: Pompoarismo    
Cha verde protege contra Alzheimer e cancer    
Cuba anuncia 1a vacina terapeutica contra cancer de pulmão    
Cientistas descobrem como alguns canceres se tornam malignos    
Cientistas chilenos desevolvem vacina contra alcoolismo    
ASMA: A VILÃ DA INFÂNCIA    
Dicas para acabar com a celulite e estrias    
Sonho: Desejo de engravidar    
A Cura do câncer    
A Cura da AIDS    
O poder do vinho na saude    
Infertilidade humana    
4BIO Medicamentos Especiais    
Corrimento vaginal: Como evitar    
Câncer de mama    
Câncer colo-retal    
Osteoporose    
Glaucoma    
Próstata    
Calvície    
Disfunção erétil    
Tamanho do pênis    
Tensão Pré menstrual    
Espinhas, cravos, acne    
Ejaculação precoce    
Viva mais e melhor    
Parar de fumar    
Doenças Cardíacas    
Hemorróidas    
Labirintite    
Infarto cardíaco    
Obsesidade    
Cólicas Menstruais    
Síndrome do Ovário Policístico    
Câncer colo-retal    
10 dicas para a saúde sexual masculina    
Obesidade x Saúde sexual    
Os riscos da falta de vitamina D    
Grandes doses de vitamina B podem atrasar ou deter o Alzheimer    
O poder do AMARANTO    
Estatinas contra o Colesterol    
Diabetes. Preciso tomar remédios?    
Tudo sobre Força Muscular e Saude do corpo    
Pilula do dia seguinte    
Dicionário Médico    
Disposição versus cansaço    
Principais laboratorios    
O dano dos anabolizantes    
Viagra x Cialis x Levitra - Comparativo medic. para impotencia    
10 perguntas e respostas sobre pílulas anticoncepcionais    
Musculação    
Homeopatia X Alopatia    
Medicamentos similares    
Medicamento de referência    
Medicamentos genéricos    

O Ministério da Saúde adverte: Todo medicamento pode causar mal a saúde. Todas informações sobre saúde contidas neste site são fornecidas somente para fins educativos e não pretendem substituir, de forma alguma, as discussões estabelecidas entre médico e paciente.
Todas as decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, que levarão em consideração as características exclusivas de cada paciente. Não faça auto-medicação. Consulte o médico regularmente.
Desenvolvimento: qualitÉ! Tecnologia Encontre medicamentos e muito mais. Pesquise preços, compare e Compre online!
Preços de Medicamentos - ® 2010. Todos os direitos reservados.   Administração  Webmail
PÁGINA PRINCIPAL | QUEM SOMOS | NOTÍCIAS | ABC DA SAÚDE | CONTATO
contato@precosdemedicamentos.com.br